As conferências ambientais da ONU e o prêmio Nobel da Paz: ganhos intangíveis em declínio?

Bibliographic Details
Authors and Corporations: E Silva Galvão, Jefferson Wagner, Siqueira, Carlos Eduardo de Souza, Barros-Platiau, Ana Flávia
Title: As conferências ambientais da ONU e o prêmio Nobel da Paz: ganhos intangíveis em declínio?
In: Novos Cadernos NAEA, 21, 2018, 3
published:
Nucleo de Altos Estudos Amazonicos
ISSN/ISBN: 2179-7536
1516-6481
Summary:<jats:p> O objetivo do estudo é descortinar as possibilidades de ganhos intangíveis decorrentes das Conferências Ambientais da ONU. O Prêmio Nobel da Paz de 2017, atribuído a uma ONG que militou pela proibição total das armas nucleares demonstra o quanto as sociedades se organizam pela paz. Em 2007, Al Gore Jr. e o IPCC (Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas) já haviam dividido esse prêmio por seus esforços para desenvolver e disseminar maior conhecimento sobre mudanças climáticas. Entretanto, a Rio+20 foi considerada como um fracasso anunciado. Mas, não haveria ganhos intangíveis a considerar após décadas de debates sob a égide da ONU para a construção de consenso sobre a governança global ambiental? Foi realizada uma avaliação qualitativa dessas conferências e de artigos científicos. Os resultados apontam ganhos intangíveis dentro e fora do sistema onusiano. Concluímos que essas conferências geram ganho social global a partir da participação que proporcionam. Neste sentido, as conferências foram muito exitosas</jats:p>
Type of Resource:E-Article
Source:Nucleo de Altos Estudos Amazonicos (CrossRef)
Language: Undetermined